Sintasa faz esclarecimentos sobre o retroativo dos agentes de São Cristóvão


 
A direção do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) explicou aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) de São Cristóvão que quando a Lei do Orçamento do município for aprovada e o sindicato contar com a garantia do pagamento em, no máximo, três parcelas, será marcada uma nova reunião para decidir sobre a retirada do processo, caso contrário, a execução do processo irá continuar.

As informações foram repassadas nessa quarta-feira, 14, na Unidade Básica de Saúde, Maria José Soares Figueroa, no conjunto Eduardo Gomes, onde houve uma reunião para explicar sobre o acordo judicial em relação ao retroativo que não foi pago corretamente aos servidores.

“Fizemos os esclarecimentos devidos aos servidores e explicamos que entregamos em tempo regulamentar todos os pedidos da Procuradoria Geral do município de São Cristóvão, a exemplo de ata de assembleia, lista com todos os que receberam as parcelas e recibo, que posteriormente foi pedido”, explicou Adaílton dos Santos, diretor do Sintasa, que participou da reunião, juntamente com os diretores Cleverton Braz e Maria Edite.