Sintasa se reúne com Hospital Cirurgia para debater Acordo Coletivo de Trabalho


O Hospital Cirurgia deverá apresentar no dia 25 de junho deste ano a contraproposta do Acordo Coletivo de Trabalho para o Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa). Esta foi a principal decisão da reunião promovida entre as partes com a Superintendência Regional do Trabalho, através do mediador Nilson Socorro, nesta quarta-feira, 6, no prédio da própria SRT. O prazo dado ao hospital será a data da próxima reunião entre as duas entidades e o mediador.

Na conversa desta terça-feira, os representantes do Hospital Cirurgia esclareceram que a negociação em relação às cláusulas não econômicas da proposta do Acordo já está bem adiantada, contudo, no tocante às cláusulas econômicas a diretoria executiva ficou de levar este assunto ainda nesta quarta-feira para o conselho diretor, por conta dos estudos do impacto financeiro resultante dos pisos salariais reivindicados pelo Sintasa. Somente após esta deliberação do conselho diretor é que poderá apresentar resposta para a formalização do Acordo Coletivo do Trabalho.

Por outro lado, o gerente do Sintasa, Janderson Alves, ressaltou que a questão dos pisos salariais teve como parâmetros os pisos estabelecidos na Convenção Coletiva do Trabalho da categoria, e que aguardará a próxima reunião para que possa ser finalizado o novo Acordo.

Participaram da reunião, além do mediador, o advogado do Sintasa, Adalício Morbeck, o gerente-administrativo do sindicato, Janderson Alves, e o representante do Hospital Cirurgia, Victor Hugo Santos, e o diretor administrativo do hospital, Milton Eduardo Santos de Santana.