Trabalhadores da saúde de lagarto fazem paralisação e acenam outra dia 10 de janeiro




Com apoio do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa), os trabalhadores do Hospital Regional Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro, em Lagarto, realizaram uma paralisação de 24 horas nessa quarta-feira, 13, por não saberem sobre suas empregabilidades futura, visto que semana passada mais de 50 profissionais concursados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) começaram as suas atividades no hospital.

Durante a assembleia realizada, ficou deliberado que o Sintasa irá enviar um ofício para Ebserh solicitando as informações de contrato, sobretudo, em relação à cláusula que trata do período de 12 meses para a transição. Decidiu-se ainda que a categoria vai esperar uma resposta da Fundação Hospitalar de Saúde em relação aos ofícios encaminhados sobre o futuro dos empregados que não entraram através deste último concurso. Caso a fundação não dê um posicionamento até o dia 9 de janeiro, haverá outra paralisação de 24 horas para o dia 10 de janeiro, com ato na frente do hospital a partir das 7 horas.

Participaram da assembleia representando o Sintasa, o diretor Adaílton dos Santos e o advogado Adalício Morbeck.