Sintasa continua tomando medidas judiciais frente ao atraso salarial da FHS


Diante dos atrasos da Fundação Hospitalar de Saúde no pagamento dos salários dos servidores, o departamento jurídico do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) tem tomado a medida judicial mais adequada que é sempre levar esta informação dos atrasos ao processo da Ação Civil Pública proposta pelo sindicato que já corre desde o ano passado. A Justiça já decidiu que o pagamento de multa diária a cada atraso da fundação depois do quinto dia útil do mês. A FHS recorreu tendo conseguido apenas reduzir o valor da multa.

“Ciente de estar cumprindo nossa obrigação de zelar pela proteção dos salários dos trabalhadores da área da saúde, o Sintasa segue firme e vigilantes aos atrasos, bem como a eventuais ameaças de parcelamento, justamente para garantir ao trabalhador a proteção salarial”, declarou Augusto Couto, presidente do Sintasa.