Sintasa e trabalhadores da Saúde se mobilizam contra a Reforma da Previdência


A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) mobilizou toda a categoria nessa terça-feira, 5, para participarem da Greve Geral e Paralisações contra a Reforma da Previdência, prevista pelo Governo Federal. Em Sergipe, a concentração ocorreu na frente do prédio do INSS com destino ao centro da cidade. O ato foi marcado por paralisação no transporte público como também no comércio.

Como não houve votação da reforma, o movimento grevista decidiu que irá se reunir até sexta-feira, 8, a fim de decidir outra mobilização para a próxima semana, quando poderá ter a votação da Reforma da Previdência.

“Estamos juntos e unidos a vários movimentos sindicais fazendo esta grande mobilização no nosso estado para mostrar que não ficaremos de braços cruzados e vamos combater a proposta política de realizar esta reforma da previdência que irá prejudicar os trabalhadores, inclusive, os da área da Saúde”, disse Augusto Couto, presidente do Sintasa.