Sintasa visita Regional de Boquim e Clínica de Saúde da Família


A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) visitou nessa quarta-feira, 4, a Unidade de Pronto Atendimento Bernardino Mitidieri (UPA 24 horas) e a Clínica de Saúde da Família Dr. Gilberto Carvalho Filho, ambos locais no município de Boquim. Na unidade, foi feita a divulgação da paralisação do dia 10 de outubro. Na clínica, foram ouvidas as demandas dos servidores municipais.

De acordo com o diretor do Sintasa, João Wadson, a visita na Regional de Boquim foi proveitosa porque incentivou os servidores da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) se engajarem na paralisação de 24 horas que acontecerá no dia 10 de outubro, com ato público na frente da Secretaria de Estado da Saúde, a partir das 7 horas, em prol da não extinção da fundação. “Fizemos a convocação para o ato e os servidores demonstraram muito interesse em participar porque quanto mais gente estiver presente, mas força o sindicato terá para tentar negociar com os gestores”, explicou o diretor.

Por sua vez, na Clínica de Saúde da Família, os servidores demonstraram todo o descontentamento com as posições que o prefeito de Boquim vem tomando como o corte de 50% das gratificações e também a possibilidade de demissão dos servidores para tentar amenizar a crise que vem passando o município. “Vamos nos reunir com toda a diretoria do Sintasa e também com o nosso departamento jurídico para analisarmos o que poderemos fazer para solucionar este problema”, disse o diretor.