Sintasa: Trabalhadores da FHS realizarão paralisação de 24 horas


Durante os dias 11 a 18 de setembro, a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) realizou assembleia setoriais em todas as Regionais geridas pela Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) das quais deliberaram que haverá uma paralisação de 24 horas no dia 10 de outubro, com ato público a partir das 7 horas, na frente da Secretaria de Estado da Saúde. O motivo é sensibilizar o poder público para a não extinção da FHS e, por tabela, a demissão em massa dos trabalhadores. Além das assembleias setoriais, a diretoria do Sintasa fez a distribuição do novo boletim do sindicato que foi lançado no início do mês.

“Estas assembleias setoriais fazem parte das estratégias que o Sintasa montou e que foi divulgada no dia 23 de agosto, numa coletiva de imprensa, para tentar impedir um possível fim das fundações. A nossa luta é para que o trabalhador tenha voz e vez. Por isso, que ficou deliberado nas assembleias esta paralisação. No final do ato, haverá outra assembleia e poderemos até deliberarmos greve por tempo indeterminado, visto que a gestão não diz o que vai acontecer com os trabalhadores. Só ouvimos a gestão falar dos usuários, mas nada em relação aos profissionais”, explicou Augusto Couto, presidente do Sintasa.

Durante o ato, haverá caminhada da SES até a Assembleia Legislativa de Sergipe para pedir o apoio dos deputados estaduais em favor dos trabalhadores.