Servidores da saúde de Aracaju aprovam paralisação de 24h no dia 26

19/06/2017 15:00:53 em Aracaju >Notícias > Aracaju

O Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) protocolou ofícios em órgão públicos divulgando a decisão dos servidores do município de Aracaju em paralisar suas atividades por 24 horas, na próxima segunda-feira, 26, a partir das 7 horas. Haverá ato público até às 9 horas, com assembleia no final do ato com indicativo de greve. A decisão dos trabalhadores foi tomada no início da tarde desta segunda-feira, 19, durante assembleia da categoria, no Sindicato dos Radialistas.

De acordo com o diretor do Sintasa, João Wadson, a causa da paralisação se deve porque até o momento o sindicato não recebeu nenhuma resposta dos ofícios enviados pedindo que os gestores municipais marcassem uma reunião a fim de debater sobre uma série de reivindicações dos servidores da saúde. "Já encaminhamos diversos ofícios e houve tempo suficiente para a prefeitura se abrir para um diálogo, mas até o momento não houve êxito. Então, a forma que encontramos para chamar atenção não apenas dos gestores, mas também da sociedade é com a paralisação de 24 horas", disse o diretor.

A lista de reivindicações conta com reajuste salarial 2017, criação de uma mesa de negociação, renegociação do PMAQ, reavaliação do grau de insalubridade e expandir a gratificação da área de risco para todos os servidores lotados nas UBS, CEMAR, CAPS e UPAS; melhores condições de trabalho, incluir o Atendente de Saúde Bucal (ASB) no Programa Saúde da Família, garantir a gratificação do PSF a todos os trabalhadores do Ambulatório, receber o calendário de pagamento dos servidores, aumentar o quantitativo de segurança nas UBS e fazer a implantação das 30 horas semanais de trabalho.



1906 - Fotos da assembleia

19/06/2017 -