Servidores miram greve, se não houver diálogo com o Governo do Estado


O Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) juntamente com a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e outros sindicatos ligados à organização sindical disseram durante a coletiva de imprensa, realizada nesta quinta-feira, 18, no sindicato dos Bancários, que os servidores públicos do estado estão unidos para deflagrarem uma greve na primeira semana de junho, caso o Governo do Estado não se abra para uma negociação em relação ao reajuste salarial dos servidores, que está sem alteração há 5 anos.

Para oficializar a posição, o grupo de sindicatos protocolaram documento solicitando a reunião com gestores do estado. “Esperamos que o Governo atenda. Se não atender, estamos com aceno dos sindicatos para fazer a assembleia unificada e partir para a greve por tempo indeterminado”, disse Augusto Couto, presidente do Sintasa.

Foto: Infonet