Sintasa participa de manifestação em oposição às reformas


Os profissionais da Saúde ligados ao Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) e trabalhadores de outras áreas fizeram uma manifestação na tarde desta sexta-feira, 28, durante a Greve Nacional em oposição às reformas trabalhista e previdenciária, além do projeto de Terceirização aprovado no Congresso. Segundo a CUT/Sergipe, 62 sindicatos aderiram a greve e mais de 30 mil pessoas participaram ao longo do dia das manifestações.

Para o presidente do Sintasa, Augusto Couto, a greve e a manifestação são válidas porque os trabalhadores têm que mostrar que não estão satisfeitos com o Governo Temer e com as reformas que os políticos estão querendo implantar. “Não podemos deixar que isto aconteça. Não apenas os trabalhadores da Saúde, mas todos os outros sofreram com estas sanções. Sobretudo, as mulheres do serviço público que serão mais prejudicadas”, disse o presidente.

De acordo com o líder sindical, toda reforma de grande porte deveria passar por um diálogo ou votação do povo. “Num momento como este, Sergipe mostrou sua força. Praticamente, todo estado ficou paralisado. No SAMU Estadual, foi reduzido 50% do pessoal; os Hospitais Públicos trabalharam com a capacidade mínima. Enfim, acho que foi um sucesso para o movimento. Tudo isto serviu para chamar a atenção da sociedade do perigo destas reformas”.

A servidora do SAMU, Marnie Santana Monteiro, achou positivo e proveitoso o movimento. “Muitos trabalhadores se mobilizaram e vieram para o ato. Há muito tempo não se via isso. Nós temos que mostrar que o Governo não pode tomar uma decisão isolada sem uma discussão com as categorias e uma discussão aberta com a população em geral”, disse a servidora.

A concentração da manifestação ocorreu no início da tarde na Praça General Valadão, Centro da capital. Houve discursos de representantes de diversas entidades sindicais. Às 16 horas, os trabalhadores fizeram uma caminhada até o Calçadão no Bairro 13 de Julho.

2804-Greve Nacional

28/04/2017 -