Servidores não aceitam contraproposta do Acordo Coletivo da Funesa


Os servidores da Fundação Estadual de Saúde (Funesa) decidiram aguardar uma tentativa de reunião do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) com a secretária de Estado da Saúde, Conceição Mendonça, para tentar melhorar o novo Acordo Coletivo entre a fundação e servidores. A decisão ocorreu na assembleia da categoria, ocorrida no início da tarde desta segunda-feira, 24, no prédio da Funesa. Ficou deliberado ainda que a próxima assembleia será no dia 10 de novembro, com primeira chamada às 13 horas e segunda chamada às 13h30min, no mesmo local. Até lá, o sindicato deverá ter se reunido com a secretária.

Na contraproposta analisada pelos servidores, a fundação quer que haja a manutenção do Acordo Coletivo anterior com uma promessa de colocar na próxima proposta do contrato estatal o índice inflacionário para os servidores. “Queremos, na reunião com a secretária, que ela possa fazer um aditivo no atual contrato para o reajuste salarial e retroativo a 2015, visto que o último reajuste ocorreu em 2014”, disse o gerente do Sintasa, Janderson Alves, que participou da assembleia juntamente com os diretores Marcos Antônio, João Wadson, Maria de Lourdes, Maria Auxiliadora, Maria Edite e Graziela Lima.

O prédio da Funesa, local da assembleia de hoje e do dia 10 de novembro, fica localizado na Travessa Basílio Rocha, 49, no Bairro Getúlio Vargas.

2410 - Assembleia na Funesa

24/10/2016 -