Sintasa e servidores da Saúde ocupam o prédio da Secretaria Municipal da Fazenda

17/06/2016 01:26:17 em Aracaju >Notícias > Aracaju


O 16º dia de greve dos servidores da Saúde de Aracaju, liderado pelo Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) e outros sindicatos da saúde, foi marcado por uma manifestação no centro da cidade e a ocupação até o início da tarde desta quinta-feira (16) da Secretaria Municipal da Fazenda. A categoria foi ouvida por secretários municipais que garantiram que na próxima segunda-feira (20) o prefeito de Aracaju, João Alves Filho, se dará uma resposta em relação as principais reivindicações dos trabalhadores.

Os dois principais eixos da grave são o constante atraso salarial e o reajuste salarial de 12,5%. De acordo com o presidente do Sintasa, Augusto Couto, no ano passado o prefeito disse que daria o reajuste este ano, mas até o momento não foi dado para a saúde, apenas para os trabalhadores da educação e administrativos. “É bom as pessoas saberem que no ano passado havia uma mesa de negociação, mas a partir de fevereiro desde ano, o prefeito não nos atendeu mais”, explicou o presidente do Sintasa, alegando que a greve foi a última alternativa que os trabalhadores tiveram.

Esta semana o movimento grevista já fez uma manifestação na Praça Camerino na terça-feira, na frente da Câmara de Vereadores na quarta-feira, e essa quinta-feira foi a vez da Praça General Valadão e a Secretaria Municipal da Fazenda. Na Câmara, foi pedido a ajuda de alguns vereadores para intermediar uma conversa com o prefeito e também para ser encaminhado um projeto de reajuste salarial das categorias.

Diante da possibilidade da resposta do prefeito na segunda-feira, ficou acertado entre os sindicatos da comissão que na terça-feira (21) haverá uma assembleia geral para apresentar o a posição da gestão e discutir quais medidas os sindicatos e servidores farão.


1606 - Ocupação da Semfaz

16/06/2016 - 1606 - Ocupação da Semfaz