Sindicatos tentam negociar no dia 17 de maio reajuste de 12,5%

11/05/2016 10:52:08 em Aracaju >Notícias > Aracaju

A comissão intersindical da Saúde, da qual o Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) faz parte, irá se reunir com a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) na próxima terça-feira (17) para tentar negociar o reajuste salarial da categoria em 12,5%, que seria para compensar a inflação anual que ficou neste patamar. A data foi confirmada na assembleia conjunta entre os sindicatos e servidores realizada nessa terça-feira (11), no auditório do Sindicato dos Bancários. Ficou definido ainda que, caso não haja avanço na negociação haverá indicativo de greve na próxima assembleia marcada para o dia 24 de maio.

“O Sintasa e os demais sindicatos estão se empenhando em conseguir o reajuste de 12,5% porque foi a perda que os servidores tiveram com a inflação. É bom deixar claro que nada impede a prefeitura fazer este aumento por conta das eleições porque, na verdade, este crescimento seria a recomposição salarial e não um aumento”, afirmou Augusto Couto, presidente do Sintasa. “Estamos preocupado que até agora a gestão não sinalizou de quanto será o reajuste, enquanto que já foi anunciado para a administração direta de 8%”, explicou o presidente, já rejeitando um possível reajuste no mesmo valor.

Fazem parte da comissão intersindical, além do Sintasa, o 
Sindicato dos Cirurgiões-Dentistas de Sergipe (Sinodonto), Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe (SEESE), Sindicato dos Psicólogos do Estado de Sergipe (Sindpsi), Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate as Endemias do Município de Aracaju (Sacema) e Sindicato dos trabalhadores Fisioterapeutas de Aracaju (Sintrafa) e Sindicato dos Assistentes Sociais de Sergipe (SINDASSE).