Agentes de São Cristóvão marcam indicativo de greve para sexta-feira

26/05/2015 12:19:00 em Rede Municipal


Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) da Prefeitura Municipal de São Cristóvão fazem uma paralisação de 24 horas nesta terça-feira (26) e se mobilizaram por duas horas na frente do Posto de Saúde José Figueiroa, do Conjunto Eduardo Gomes, em prol do recebimento do complemento do salário retroativo referente ao Piso Nacional da categoria entre julho a dezembro de 2014. Na ocasião, juntamente com o Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) decidiram realizar uma assembleia geral nesta sexta-feira (29), às 9 horas, na residência da servidora Betânia em frente ao posto Petrox, no conjunto Roza Elze.

“Até agora não recebemos nenhuma proposta da prefeitura, quando marcam reunião depois desmarcam, então não temos outra alternativa a não ser fazer uma assembleia com indicativo de greve nesta sexta-feira. Caso até lá a gestão não nos procure, decretaremos greve por tempo indeterminado para a próxima segunda-feira (1º de junho)”, disse o presidente do Sintasa, Augusto Couto, confirmando que depois da paralisação os agentes irão retornar as suas atividades normais nesta quarta-feira, mas ficando preparados para assembleia de sexta e para a possível greve na segunda-feira.

 Durante a mobilização, houve a denúncia de que faltam medicamentos em muitos postos de Saúde. Diante disso, o secretário municipal de saúde, Fernando Rodrigues agendou com o presidente do Sintasa visitas nos postos na quinta-feira para que possa avaliar o procedimento ou não da denúncia.