Agentes de São Cristóvão vão esperar até o final do mês para decidir por Greve

13/02/2015 09:19:39 em Rede Municipal


Os agentes comunitários de saúde (ACS) e agentes de combates às endemias (ACE) de São Cristóvão decidiram esperar a promessa da prefeitura municipal de que faria em fevereiro o pagamento do piso nacional e também o retroativo a janeiro, conforme era para ter feito de acordo com acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde de Sergipe (Sintasa) no ano passado. A decisão foi tomada durante a assembleia com a categoria e o sindicato nessa quinta-feira (13). Caso não haja o pagamento correto, no outro dia, os agentes irão fazer uma greve por tempo indeterminado.

“Resolver dar mais uma oportunidade ao gestor municipal para se redimir, já que reconheceu que errou, mas que iria consertar o erro. Então, vamos esperar até o final do mês para ver quando os agentes receberão de salário”, disse Augusto Couto, presidente do Sintasa, acrescentando que em março haverá uma reunião com a prefeitura para acertar o parcelamento do retroativo ao mês julho do ano passado.

Desde junho de 2014, conforma Lei federal, o piso nacional dos agentes é de R$ 1.014, mas a Prefeitura de São Cristóvão pagava somente R$ 750,00. Venha uma verba federal específica para o pagamento dos agentes, mas a prefeitura não fez o repasse correto.