Sintasa mantém indicativo de greve dos servidores da FHS do interior

26/09/2014 10:30:11 em Geral


Por conta da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) não cumprir com as propostas do Movimento Grevista apresentado pelo Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Sergipe (Sintasa), no dia 9 de abril, ficou mantido o indicativo de greve para o dia 1º de outubro deste ano nos oito hospitais regionais e uma maternidade do interior do estado.

Na próxima segunda-feira (29), a diretoria do Sintasa estará se reunindo na FHS, às 14 horas, para saber se a fundação irá acatar a demanda. “Será a última chance de negociação antes da greve de quarta-feira. Caso não se chegue a um acordo, entenderemos que não existe possibilidade de negociação com a FHS, daí a motivação da greve”, explica o presidente do Sintasa, Augusto Couto.

Depois da reunião da diretoria do Sintasa, nessa quinta-feira (25), ficou decidido como eixo de greve três pontos importantes: a verticalização da escala de trabalho a partir do dia 1º de outubro deste ano; a incorporação dos 25% da gratificação da variável, que deveria ser implantado em setembro de 2013, assim como dos 25% da gratificação da variável, que seria implantado neste mês de setembro, com pagamento dos correlatos reflexos de outubro, novembro e dezembro.

O terceiro item é sobre o acolhimento, a partir de janeiro do próximo ano, das 30 horas para os servidores da entidade, pagamento de ticket-alimentação de R$ 500 e pagamento de auxílio-creche de R$ 100,00. Estes últimos itens constam no Acordo Coletivo de Trabalho 2013-2015.

No dia 25 de setembro, o Sintasa protocolou na própria fundação os itens que a categoria espera ser cumpridos.