Na justiça, Sintasa tenta negociação entre a FHS e os ex-trabalhadores da Transurh

21/11/2013 20:09:42 em Geral


O Sintasa juntamente com a Procuradoria Regional do Trabalho da 20ª Região, através do procurador Emerson Albuquerque, tentou negociar, nessa quarta-feira (20), com a da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) sobre o pagamento da rescisão dos contratos dos quase mil ex-trabalhadores da Transurh. Contudo, a FHS pediu um tempo para analisar melhor a ação judicial de número 0000628.2012.20.000/9-10, cujo prazo final será no dia 13 de dezembro deste ano, quando acontece a audiência decisiva no Tribunal Regional do Trabalho.

Durante a reunião, o novo diretor geral da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), Luiz Hamilton, disse que ainda não pode assumir a responsabilidade em relação a má condução do contrato com a Transurh. Porém, não descartou a possibilidade de, até a data da audiência, pode apresentar uma contraproposta.

“Foi importante a presença do presidente da fundação, Luiz Hamilton, que levará essa reinvindicação ao governador, visto que se trata de quase mil famílias envolvidas nesse caso. Então contamos com essa sensibilidade do governador para que possamos resolver de imediato. A ação não é contra nenhum gestor, mas a favor dos trabalhadores. A fundação tem corresponsabilidade em relação ao erro da Transurh”, explicou o presidente do Sintasa, Augusto Couto.