Pagamento dos servidores da saúde de São Cristóvão deve sair até o quinto dia útil

31/01/2013 18:34:50 em Geral


Após o Sintasa mobilizar os servidores da Saúde de São Cristóvão para entrar em estado de greve, a Secretaria Municipal de Saúde do município reuniu-se com a diretoria do sindicato nessa quinta-feira (31), e garantiu que iria fazer o pagamento de dezembro e janeiro, até o quinto dia útil de fevereiro, pelo menos, para os concursados, visto que os contratados a garantia é de apenas dezembro, mas que a prefeitura irá se esforçar para pagar os dois meses.

Na reunião, o secretário adjunto da Saúde, que substituiu a titular por estar viajando a Brasília, explicou que antes de fazer uma mobilização poderia ter conversado com a secretaria, mas ouvia como resposta que no dia 16 de janeiro houve uma mobilização da categoria onde foi solicitada uma reunião, mas que nunca foi realizada, e só através da mobilização conseguiu chamar a atenção do poder público municipal.

A reunião foi boa. Vamos esperar até o quinto dia útil, mas se não fizer o pagamento a solução será a deflagração da greve imediata por tempo indeterminado”, garante a diretora do Sintasa, Maria das Graças.

Condições de trabalho

Sobre a falta de condições de trabalho, como ausência de água para os servidores beberem e papel higiênico, o secretário adjunto explicou que irá solicitar uma licitação para adquirir os materiais necessários.

Outro ponto importante é que o representante da prefeitura sinalizou favorável a realização de uma mesa permanente para discutir sobre assuntos pertinentes, entre eles está a campanha salarial de 2013, além da reforma das unidades sucateadas da Saúde. Por exemplo, a Unidade Básica de Saúde não conta com condições nem de se realizar um exame de lâmina e dar uma boa assistência as gestantes. Por conta disso, foi alugada uma casa que servirá de abrigo, enquanto será feita uma reforma na unidade.

Participaram da reunião, além da diretora do Sintasa e do secretário adjunto, também a coordenação de Atenção Básica e coordenação do Programa da Saúde da Família.