Exausto da enrolação do governo, Sintasa promove paralisação, juntamente com outros sindicatos

20/07/2012 14:46:42 em Geral

Os sindicatos da área da saúde de Sergipe decidiram, em assembleia geral, realizada na noite desta quinta-feira (19), no auditório do Huse, que haverá uma paralisação de advertência de 24 horas, no dia 25 de julho, com atividades de doação de sangue no Hemose, panfletagem e conscientização dos usuários.

Foi marcada ainda uma nova assembleia para o dia 2 de agosto, às 18 horas, no Huse, para reavaliar as propostas da mesa e indicativo de greve. Nesta sexta-feira (20), às 9 horas, representantes de cada categoria estiveram reunidos na sede do Sindimed para discutir a logística da paralisação.

De acordo com o presidente do Sintasa, Augusto Couto, essa é a hora do governo ver a força dos sindicatos. "Nossa luta é por uma saúde mais justa. Os profissionais merecem respeito, salários melhores e condições de trabalho dignas. Estamos cansados de sermos enrolados o tempo todo. PCCV já".

O motivo da paralisação se deve a última proposta feita pelo governo em mesa de negociação com relação ao Plano de Cargos, Carreira e Vencimento (PCCV) que até o momento não teve uma proposta significativa e aceita pelos sindicatos.

Na reunião, que contou com a participação do SINTASA, SINDIMED, SINODONTO, SINTELAB, SINDFARMA, SINDPSI, SIEESE, SINDASSE, SINDICATO 192 e dos servidores estaduais da saúde, foi decidido também que todas as propostas feitas pelos sindicatos serão reenviadas e que no dia 31 de julho irá acontecer mais uma rodada de negociação na mesa permanente da Saúde de do Estado de Sergipe.
 

Comentários (1)

Maria em 23/07/2012 às 20:39h
Boa Noite! Gostaria de saber o local que será feita essa paralização? E as pessoas que não poderem doar sangue como farão, já que perdeu o dia de trabalho? Só vai funcionar 30% dia 25? Como será dividida a escala já que vcs ficara de nos apresentar um modelo de escala?