CADI E CAISM: Agenda permanente é criada depois de intermediação do Sintasa

28/09/2011 09:27:05 em Geral


O Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) intermediou nessa terça-feira (27) uma reunião entre o secretário de Estado da Saúde (SES), Antonio Carlos Guimarães, e servidores do Centro de Acolhimento e Diagnóstico por Imagem (CADI) e Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM), que resultou na criação de uma agenda permanente para decidir o futuro dos servidores.

A ideia partiu depois que os servidores dos dois Centros falaram ao sindicato da angústia que trabalhavam por não saberem se seriam transferidos ou não. Com a agenda permanente, o secretário de Saúde abre espaço para o diálogo. “Poderemos construir a implantação do projeto juntos. Quem quiser ficar na Fundação Hospitalar poderá ficar, mas quem quiser ir para outros órgãos do governo poderá ir, desde que se permita a possibilidade de bonificação para não termos prejuízo”, disse o servidor Ricardo Rodrigues, contente com a ação do sindicato.

Diálogo aberto
O presidente do Sintasa, Augusto Couto, comemora esta aproximação entre os servidores e o secretário. “A reunião foi muito proveitosa porque havia esta carência dos servidores, mas o sindicato fez esta ligação com o secretário e, agora, o diálogo está totalmente aberto. Nesta agenda permanente haverá a participação de uma equipe da fundação, dos servidores com o Sintasa”, avaliou Augusto.


Texto: Kleber Santos