Com 98,19% dos votos válidos, chapa 1 de Augusto Couto vence eleição do Sintasa

A chapa 1 “Avançando com Transparência”, encabeçada pelo atual presidente Augusto Couto, venceu a eleição do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) com 98,19% dos votos válidos, nesse sábado, na sede da instituição. A data da posse ainda não foi confirmada, mas a nova gestão começará em junho deste ano.

  • quarta-feira, 21 de março de 2018
  • 0 Comentários

Eleição do Sintasa acontece neste sábado na sede da entidade

Conforme edital de convocação, publicado nesta terça-feira, 13, no Jornal Correio de Sergipe, a eleição do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) será realizado no próximo sábado, 17, das 8h às 14 horas, na sede do próprio sindicato, localizado na Rua Lagarto, 755, Centro de Aracaju.

  • terça-feira, 13 de março de 2018
  • 0 Comentários

Duas chapas fazem registro para a eleição do Sintasa

Conforme edital do registro das chapas para a eleição do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa), publicado no dia 5 de março no Jornal Correio de Sergipe, duas chapas fizeram registro para o pleito deste ano na manhã desta quarta-feira, 7, cujo prazo foi das 7h às 11 horas.

  • quarta-feira, 7 de março de 2018
  • 0 Comentários

SINTASA

  • segunda-feira, 5 de março de 2018
  • 0 Comentários

Sintasa reúne-se com vice-governador para debater futuro dos trabalhadores da FHS e de Lagarto

A direção do Sintasa reuniu-se com o vice-governador do Estado, Belivaldo Chagas, na manhã desta quinta-feira, para abordar o futuro dos servidores da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) que estão na iminência de ficarem desempregados e dos trabalhadores do Hospital de Lagarto por conta do comando agora da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH).

  • quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018
  • 0 Comentários

Servidores do SAMU vão paralisar depois do Carnaval e acenam por greve

No dia 15 de fevereiro, um dia após a Quarta-Feira de Cinzas, os servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) irão paralisar suas atividades durante 24 horas como forma de protesto pelos atrasos salariais, falta de reajuste salarial e incerteza em relação ao futuro profissional, caso haja a extinção da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS).

  • quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018
  • 0 Comentários
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 » Próxima » Última